Blog

Europa, Abril de 2019, Bruxelas capital da Bélgica e sede do Parlamento Europeu.

A Sensenova representada pelo seu Diretor Geral, Alexandre Bergamo, participou ativamente das reuniões que contemplaram o início do novo ciclo de planejamento estratégico da ESN-NETWORK – European Sensory Network. Esta importante iniciativa da ESN coincide com a posse e começo de mandato da recém eleita Diretoria da associação. Os desafios estratégicos discutidos incluíram as visões, contribuições e interesses dos três principais grupos de associados que formam a ESN:

  • Parceiros Industriais: empresas que aplicam as ciências sensoriais no desenvolvimento e ajustes de seus produtos;
  • Academia: universidades que desenvolvem e aplicam metodologias das ciências sensoriais;
  • Empresas de Pesquisas, incluindo a Sensenova: entregam soluções de negócios que contribuem para tomada de decisão. Para isso utilizam as metodologias das ciências sensoriais em diversos segmentos com destaque para empresas de bens de consumo que produzem alimentos e bebidas, produtos para beleza e higiene pessoal ou do lar.

A Sensenova acredita que existam muitas oportunidades de incrementar a visibilidade dos resultados de negócio atingíveis através das aplicações das ciências sensoriais. E isso pode ser de interesse para diversos públicos, especialmente os tomadores de decisão e influenciadores que ainda não tenham tido contato com a relevância, assertividade e aplicabilidade desses resultados.

A ESN-NETWORK é uma poderosa rede internacional de parceiros industriais e instituições de pesquisa na vanguarda das ciências sensoriais e ciências do consumidor. Atualmente além dos associados europeus outros seis países são representados. A Sensenova é a única entidade Brasileira e Latino-Americana a fazer parte dessa rede.

A escala hedônica estruturada é um método que analisa a preferência dos consumidores por determinados produtos por meio de uma avaliação que contém uma escala de respostas previamente estabelecida.

Constantemente usado em testes afetivos, de preferência e aceitação, este método permite julgar a qualidade do produto de acordo com as percepções do consumidor e suas afirmações.

Neste modelo de teste, os provadores são questionados sobre a sua preferência em determinadas amostras de produtos, seguindo uma escala de respostas já estabelecida com base em atributos gosta e desgosta. Dessa forma, as respostas são associadas a valores numéricos para serem analisadas estatisticamente. (mais…)