Tag: audição

A textura dos alimentos diz muito sobre eles. Se uma bolacha que normalmente é crocante estiver meio murcha, pode ser um sinal de que ela está velha e talvez imprópria para o consumo.

Contudo, a textura não diz respeito somente ao tato. A audição também capta informações importantes sobre os alimentos quando são ingeridos.

Durante muito tempo, os fabricantes de alimentos têm focado suas pesquisas em atributos ligados à visão, paladar, olfato e tato. Embora a textura tenha aparecido dentro da avaliação destes atributos citados, seu estudo ficava sempre restrito às mesmas questões, como rigidez e mastigabilidade, deixando de lado o ruído sonoro que era gerado.

 (mais…)

Desprezado por boa parte dos empreendimentos, a audição consegue fazer toda a diferença na experiência de compra dos consumidores.

Ouvir uma boa música ao entrar em uma loja, pode despertar o desejo de compra do cliente, principalmente quando aliada a outras estratégias voltadas para a exploração dos sentidos.

Muitas vezes, marcas e lojas cometem erros pontuais na forma de lidar com a audição. Questões como, volume dos sons e escolha de um estilo musical, por exemplo, são erros constantes e fáceis de serem cometidos. Da mesma forma em que os sons podem criar um ambiente agradável, eles também podem criar situações negativas. É importante estudar a fundo o público alvo para garantir a conexão adequada ao cliente. (mais…)

Criado na Inglaterra, o Marketing Sensorial, ou Brandsense, é uma vertente do marketing que atua na exploração de uma marca, produto ou serviço através dos cinco sentidos (visão, paladar, olfato, audição e tato). Seu objetivo principal é ligar emocionalmente o consumidor à empresa.

marketing-sensorial-despertando-os-cinco-sentidos-do-cliente

A visão é o sentido mais explorado pelas grandes marcas

O ser humano tem uma grande capacidade de construir relações afetivas com as coisas pelas quais se envolve. Vendo essa possibilidade, o Marketing Sensorial passou a construir conexões entre as empresas e seus clientes a partir de experiências sensoriais.

De forma subjetiva, as marcas influenciam nas escolhas e preferências dos compradores e permanecendo em suas memórias.

 (mais…)

music-branding-o-desenvolvimento-da-marca-atraves-da-musica

Estabelecimentos apostam em música para se conectar aos clientes

Por muito tempo a identidade visual de uma marca era prioridade para o marketing e a propaganda. Poucas marcas procuravam explorar os sentidos humanos para se relacionar com o cliente. Audição, tato, olfato e paladar eram deixados de lado quando o assunto era estabelecer vínculos com os consumidores.

Foi com o surgimento do marketing sensorial que as marcas passaram a entender e a utilizar experiências multissensoriais para se conectarem emocionalmente aos clientes. Uma das vertentes surgidas foi o Music Branding, que consiste em associar uma identidade sonora à marca, através da criação de rádio própria, seleção de músicas específicas ou jingles.
 (mais…)

 shutterstock_226007338

Pesquisa sensorial é uma análise que busca compreender como os cinco sentidos humanos (visão, olfato, tato, paladar e audição) são determinantes nas tomadas de decisão por um indivíduo. Esse tipo de estudo visa não somente o que deseja o consumidor, mas o porquê e como os sentidos dele definem as suas escolhas.

Cor, tamanho e cheiro, dentre outros, são aspectos que causam diferentes interpretações sensoriais e que devem ser trabalhadas com inteligência, sempre buscando otimizar a experiência do consumidor. (mais…)