Tag: salgado

 

O prazo de validade é o que determina se um alimento deve ou não ser consumido. Ele é responsável também por definir o tempo de vida útil de outros produtos não alimentícios como os cosméticos, por exemplo. Atuando de forma pontual, a análise sensorial é uma importante ferramenta para definir o prazo para que determinado item mantenha suas características sensoriais asseguradas.

Os estudos de tempo de vida de um produto desenvolvidos pela pesquisa sensorial trabalham em fatores que causam alterações ao produto. A análise sensorial colaborará na definição, por exemplo, das condições de armazenamento, transporte e venda de variados itens. (mais…)

O paladar sofre interferência de diversos sentidos

O paladar sofre interferência de diversos sentidos

Comer é uma atividade que não diz respeito somente ao paladar, como já vimos aqui no blog. O sabor que sentimos quando comemos é o resultado da interação de vários sentidos e, sendo assim, sofre diversas interferências por causa da temperatura, de sua cor ou cheiro, por exemplo.

A coloração influencia muito na percepção dos sabores dos alimentos, já que, a primeira avaliação que fazemos deles é, na maioria das vezes, visual. Existem cores que são consideradas mais vibrantes, como o vermelho e o laranja, que instigam o Paladar. Por outro lado, o azul  e marrom são exemplos de cores consideradas menos estimulantes. (mais…)

O sentido responsável por perceber o gosto naquilo que comemos é o paladar. É através da língua, principal órgão da gustação, que somos capazes de identificar textura, temperatura e o sabor dos alimentos.

O sentido responsável por perceber o gosto naquilo que comemos é o paladar. É através da língua, principal órgão da gustação, que somos capazes de identificar textura, temperatura e o sabor dos alimentos. É nela que estão as papilas linguais,  conjunto de células sensoriais que são encarregadas de captar e enviar estímulos ao cérebro.

Porém, o paladar não trabalha sozinho. Curiosamente, a maior parte do que sentimos quando comemos se dá graças ao olfato. Quando ingerimos algum alimento, ele libera moléculas que são detectadas pela mucosa olfativa. Daí surge uma combinação entre o gosto e o aroma que nos permite diferenciar aquilo que consumimos. Quando estamos com a capacidade do olfato reduzida, provavelmente, a sensação do gosto não será a mesma. (mais…)